ArabicEnglishJapanesePortugueseSpanish

Banho com água quente ou fria: descubra a opção certa

O banho deixou há muito tempo de ser apenas uma questão de higiene. Seja para um completo ritual de beleza ou naquele momento de relaxamento, uma coisa é certa: a preferência por água quente ou fria divide as opiniões.

Muitos dizem que uma boa chuveirada fria é mais saudável. Já outros acreditam no poder curativo de um bom banho quente. Mas a verdade é que tanto um quanto outro oferece uma ampla dose de benefícios.

De acordo com a medicina ayurveda, a água quente deve ser usada para limpar o corpo e a água fria para a cabeça, pois as altas temperaturas podem ser nocivas para os olhos e os cabelos.

O banho já tem uma função terapêutica, sendo utilizado como tratamento para pacientes portadores de diversas enfermidades. Pessoas com doença hepática e indigestão se beneficiarão da água fria. Já aqueles que sofrem de distúrbios respiratórios, tosse, dor nas articulações e artrite devem optar pela água quente.

Mas estes são apenas alguns dos motivos – existem uma série de outras razões para optar entre um e outro. Por isso confira a seguir os principais benefícios de tomar um gostoso banho de água fria ou quente.

Benefícios do banho de água fria

O banho é considerado frio quando a temperatura da água está abaixo de 20º. A terapia da água (também chamada de hidroterapia) tem sido utilizada há séculos para tirar proveito da tendência do corpo humano de se adaptar às condições mais severas. Como resultado, nosso organismo pode se tornar mais resistente ao estresse.

O banho frio não é só uma fonte importante de tratamento para algumas condições, mas também pode trazer alívio para alguns sintomas e proporcionar bem-estar geral. Saiba mais:

  • Despertar mais eficaz: banhos de água fria ajudam a dar aquele ânimo extra pela manhã. Isso acontece porque a baixa temperatura da água ajuda a estimular as terminações nervosas, o que espanta a preguiça e a sonolência;
  • Estímulo contra a depressão: eles também ajudam a tratar da depressão. A água mais fria propicia a liberação de substâncias químicas importantes para quem sofre de depressão, como noradrenalina e beta-endorfinas, trazendo uma sensação maior de ânimo e bem-estar;
  • Melhora na saúde reprodutiva masculina: estudos mostraram que o banho de água fria estimula a liberação de testosterona, o que ajuda a aumentar a libido;
  • Mais imunidade: a água fria ajuda a estimular os sistemas linfático e imunológico, o que pode maximizar a produção das células de combate à infecção, aumentando assim a sua imunidade.
  • Fôlego extra: a função pulmonar melhora tremendamente com banhos com água fria. Essa sensação de falta de ar que aparece quando estamos em meio à água fria é a razão por trás disso. As pessoas tendem a prender a respiração e liberá-la lentamente, melhorando assim a função pulmonar.

Se você não consegue nem pensar em banhos frios, experimente ir baixando a temperatura lentamente no final do seu banho habitual.

Deixe que a água fique fria o suficiente para começar a sentir-se desconfortável e então tente permanecer assim por dois ou três minutos. E vá aumentando gradualmente, até que isso se torne um hábito.

Vantagens do banho de água quente

O banho quente traz uma sensação de relaxamento que pode cair muito bem após um dia muito estressante ou naquela volta para casa nos dias frios de inverno. Mas há ainda uma série de benefícios ao escolher uma temperatura mais quentinha para seu banho. Confira:

  • Glicose sob controle: especialistas acreditam que os banhos de água quente reduzem os níveis de açúcar no corpo, tornando-os um bom tratamento extra para diabéticos. Este estudo mostrou que os níveis de açúcar dos diabéticos que ficavam imersos em banheiras de água quente durante 20 a 30 minutos três vezes por semana diminuíram em 13%;
  • Alívio para a musculatura: o banho de água quente melhora a flexibilidade dos músculos e também ajuda a relaxar aquelas áreas doloridas. Se você pegou pesado na academia ou passou o dia em uma mesma posição, essa é uma boa dica para recuperar a musculatura;
  • Vias aéreas desobstruídas: a água quente também é benéfica para tratar e proporcionar alívio para tosses e resfriados. O vapor ajuda a limpar as vias aéreas, além de descongestionar a garganta e o nariz;
  • Hora de relaxar: tomar um banho com água quente também pode aliviar a sensação de cansaço e fadiga. O que funciona bem à noite, para preparar o corpo para uma boa noite de sono. Se você está se sentindo ansioso por nenhum motivo específico, um banho de água quente pode ajudar a acalmar e conter a sensação;
  • Maior sensação de limpeza: a temperatura mais alta da água suaviza e dissolve os óleos naturais da nossa pele – assim como a manteiga se derrete quando aquecida. Isso ajuda na absorção maior do sabonete, garantindo uma higienização da pele – só não exagere, especialmente se você tiver pele sensível.
    Ela também ajuda a dilatar os poros – fazendo com que o momento pós-banho quente seja a hora certa para uma boa limpeza de pele mais profunda – e sem dor, se você utilizar o kit da JIKI Cosméticos.

Já pensou em trabalhar com revenda? Baixe agora nosso e-book “Como ganhar dinheiro com revenda”!Banho com água quente ou fria: descubra a opção certa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×
Podemos ajuda-lo